segunda-feira, 4 de abril de 2011

No escuro


Nos últimos tempos Mario gostava de ficar deitado no escuro, quieto, e queria que alguém ficasse com ele. Um dia Elena protestou:
- Mas tio, o que eu vou ficar fazendo aqui, nesta escuridão?
- Senta aí e simplesmente me adora...


Do livro: Ora Bolas (Juarez da Fonseca)

4 comentários:

  1. Que sapequinha rs...

    Beijoooooooo

    ResponderExcluir
  2. Quintana é e será sempre...
    Vi seu blog lá na Criss, não resisti.
    Beijos e ternura!

    ResponderExcluir
  3. Ando meio Quintana... Só não quero (nem mereço) que alguém me adore.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. kkkk e quem nao adora um poeta desses ?
    lindo o dialógo Estela
    vou salvar pra mim rsrs
    abraços

    ResponderExcluir